Post final “algo feito por mim” #31diasdemodaebeleza

Nunca eu tinha feito tanto em tão pouco tempo e não estou a falar do vestido que fiz em dois dias. Apesar de não me servir assim muito bem (vá lá que é para outra pessoa) 😀

Enfim eu tinha expetativas enormes de conteúdo aqui para o blog, mas vá lá vai. É um trabalho a tempo inteiro, senão mais. Eu acordava de manhã e enquanto tomava o pequeno-almoço, começava a pensar em formas de apresentar um novo outfit, como “estilizar” peças que já tenhamos no armário, outfits a combinar com o meu pequenote. Foi uma miríade de ideias a surgirem diariamente.

Mas depois havia alturas em que estava doente, em que estava cansada, em que preferia ser menos pessoal nos meus posts. Mas, continuava, tentava apresentar conteúdo que fosse de alguma forma dar-me a conhecer ou a ajudar-vos no vosso dia-a-dia.

Numa coisa eu tenho a certeza, aprendi imenso. E com a aprendizagem vieram lições e alguns ha-has (de vir a lampâda da ideia nova). Mas uma coisa aprendi. Que se me organizar bem e tiver muita mas muita força, consigo fazer as coisas, mesmo que ás vezes não apeteca ou que ás vezes a energia é quase nula que só apetece fugir para a cama. Eu dizia alto: “Tu consegues, só mais um bocadinho.

Eu na segunda-feira como mencionei ontem, pensava que hoje seria o fim do desafio ou seja o dia 31. Infelizmente estava tudo programado para acabar hoje com o post final “algo feito por mim”. Eu quis fazer o vestido que tinha começado (estava em fase de pré-moldagem) antes de ir em isolamento. Devo admitir que custou-me um bocado voltar a tocar nele. A minha marca levou e vai levar um tombo com isto do Covid19 e não me queria lembrar muito.

Mas desafiei-me a pensar além dos problemas e de que eu (mesmo que me custe) consigo fazer tudo aquilo que eu queira fazer. E vocês também deveriam de pensar dessa forma! 🙂

Para o post de hoje tan-tan-tan, aqui está o que eu fiz.

A última coisa que costurei foi em Janeiro de 2012 e odiava costurar admito aqui. Por ser muito perfecionista e ter pouca paciência não obtinha resultados “satisfatórios”. E punha então a parte de costura muito de lado e concentrava-me mais na fase do design.

Este ano decidi então ganhar coragem – pois mandar fazer um vestido numa costureira custaria 500 euros (não estou a gozar) – e tentar a sorte. Sempre saía mais barato (haha) e 90% correu bem, e depois de ter trabalhado durante dois dias, vocês estão á vontade para encomendar da DLANDERSEN (heheh).

Entretanto lá consegui acabar o vestido e de tirar fotografias. O video vou ter de deixar para domingo. Desculpem mas vou ter mesmo de tirar “ferias” de videos e trabalho que me ocupa o dia inteiro e me “treme” um pouco a vida pessoal e a casa.

Anyway, sem mais demoras aqui está o resultado final do “algo feito por mim”:

O video do making-of do vestido sairá no domingo.

Um beijo x

Leave a Reply