#25 Um dia a preto e branco

Considero a palavra esperança uma palavra muito bonita. Isto para vos dizer que o esperar por algo bom ou promissor faz hoje 46 anos.

O dia 25 de Abril enche cada português a memória e o coração de que a esperança foi mesmo a última coisa a morrer.

Hoje assisti a vários videos no youtube relacionados com o 25 de Abril. Muitos deles a preto e branco, pois a curiosidade mais aguçada queria ver em primeira mão os efeitos de uma ditadura na população portuguesa. Os videos relatavam como realmente era a vida dos portugueses antes do 25 de Abril, de como grande parte da população era analfabeta, ou vivia na pobreza, com muito pouco para comer. A opressão verbal e a censura jornalística era uma constante na vida dos portugueses.

No “coup” que foi feito ao governo, nomeadamente ao Marcelo Caetano, vi que foi feita sem violência alguma, aparte dos tiros que foram atirados por parte da PIDE e que atingiram algumas pessoas.

Eu pensei, e se o mesmo tivesse feito durante o governo do Salazar, será que teria resultado numa guerra civil, e foi por isso que não o fizeram? E foi por isso que Salazar regiu o pais durante 36 anos?

Será que se António Salazar não tivesse nascido e tivesse havido outro tipo de governo – talvez mais para o lado democrático, amigo do povo e do desenvolvimento nacional económico, com boas relações além fronteiras – será que Portugal hoje seria uma grande economia, quiçá equiparada com os EUA?

Outrora, nós fomos grandes, fomos uma grande potência económica. Se não tivéssemos tido Salazar no governo, talvez teríamos sido “a heck of a country”, porque meus amigos, podemos ter um “governo da treta” como muitos dizem mas muitos se esquecem de como somos vistos fora e de como somos bastante elogiados.

Temos de ter muito orgulho do nosso país, seja quem esteja no poder, pois quem manda no país são os portugueses e não Caetanos, Soares ou Costas. Temos de nos lembrar que o que aconteceu no dia 25 de Abril pode acontecer de novo, que é o povo português se unir e vencer.

46 anos depois, a vida hoje é bastante diferente, e será ainda mais daqui a 46 anos, mas uma coisa é certa e é algo que vou dizer muito ao meu filho, que é:

  1. Toma atenção em quem votas (cuidado com Trumps, Boris e Bolsonaros, ah e os da China)
  2. A esperança é a ultima coisa a morrer, o poder é teu
  3. Sonha muito e segue sempre o que mais achas correto

Tal como o povo português que demonstrou seguir um sonho, o sonho da de poder ser livre, eu sonho em poder dar uma vida livre de expressão e de sonhar que ele pode fazer o que ele quiser. É o nosso maior luxo.

Um beijo e feliz 25 de Abril, e viva á revolução!

Leave a Reply

%d bloggers like this: